Em recente decisão proferida pelo II Juizado Especial Cível da Comarca de Niterói, a LATAN foi condena a pagar 2,5MIL a passageiro que teve o seu voo cancelado sem aviso prévio.

Segundo o advogado que patrocinou a ação, Dr. Leonardo Reis Pinto, a parte autora adquiriu passagens junto à LATAN para Porto Alegre. No entanto, no dia 04/07/2017, ao tentar realizar o check-in, através do site da empresa aérea, notou que havia algo estranho, não conseguindo realizar o mesmo; que entrou em contato com a ré e foi informado que as passagens haviam sido canceladas sem qualquer motivo aparente; que mesmo tentando resolver o problema administrativamente a ré se quedou inerte.

Diante dos fatos relatados,  o magistrado conclui pela falha na prestação dos serviços, com efeitos que transbordaram o mero aborrecimento do cotidiano, sendo justo, proporcional e  razoável, a quantia de 2,5mil a título de compensação pelos transtornos suportados.

Ainda cabe recurso da decisão. Para ter acesso ao processo clique aqui.

Processo  0035429-27.2017.8.19.0002